sábado, 31 de dezembro de 2011

Carta para 2011

Eu queria tanto me despedir de ti 2011, mas agora chegamos aqui e não consigo te dizer adeus. Cá estamos nós, os dois na estação. Plataforma vazia, só eu e tu.

O trem já vai partir. Não consigo te pedir que vás.

Passei os últimos dias dizendo a todos o quanto tu fosses difícil. Dor, saudade, lágrimas, cinza, medo. Vontade de te ver de longe, nas lembranças do passado.

Mas eu estava sendo injusta.

Hoje me dei conta do equívoco, e em tempo peço desculpas. Minha filha teve saúde e descobriu o mundo das letras. Eu tive bastante trabalho, ganhei novos amigos e revi alguns velhos conceitos.

Tua metade guarda meus últimos momentos com meu pai.

Sendo assim, tu és o meu tesouro mais valioso de memória afetiva. Na outra metade a sensação de perda me ensinou muitas coisas.

Compreendi que na dor o tempo é um aliado. Um ombro amigo é um bálsamo. E as lágrimas limpam angústias e medos. Lubrificam a alma.

Aprendi que para um inverno implacável, o melhor lugar é um colo de mãe. Na vida à dois o melhor caminho é sempre a verdade. E a melhor escolha é sempre a que te fizer sorrir

Entendi que perdoar é difícil. Que mesmo querendo fazer, é preciso ter força. É necessário abri mão um pouco de nós mesmos.

Por isso meu querido 2011, acabei me apegando a ti. A esse mundo de lições que me ensinasses, mesmo sem eu saber que estava aprendendo.

Obrigado pelas dores, saudades e verdades.

Nessa nossa despedida singela, quero acima de tudo te dizer o quanto valeu a pena. Não sou mais a mesma pessoa que brindou o reveilon passado. Tenho certeza.

A vida mudou. Eu mudei.

Antes de nosso abraço final, quero te fazer um pedido:

- Que teu amigo 2012 nos traga mais chegadas do que partidas.

Obrigado, e siga em paz!

6 comentários:

Anônimo disse...

Simplesmente lindo Gabi!!
Feliz 2012! Que ele seja cheio de amor e paz pra ti, Nauro, Sofia e todos aqueles que tem o privilégio de desfrutar de teu amor e amizade.
bjão da Tania Blaas

Paula Blaas disse...

Amiga, coisa boa ler algo teu e me sentir compreendida! Sabemos que foi um ano difícil, mas também intenso, bem vivido e cheio de aprendizados né?!
Saudade dos nossos papos! Mais deles em 2012!!

Beijocas

regina disse...

Gabi adoro te blog, consegues dizer coisas que temos vontade de expressar. Feliz ano novo juntamente com a Pituca que adoro. Bjs regina

Néia disse...

Depois de ler teu post, vou repensar o 2011 !!!
Obrigada !!!

Anônimo disse...

Ah, filha querida, obrigado pelo que és,pelo que escreves...
Feliz 2012

Berenice disse...

Gabi:
Que coisa linda! Adoro seu jeito de escrever! Tudo verdade! Os anos vem, os anos se vão e assim vamos crecendo em todos os sentidos! Parabéns!