segunda-feira, 27 de junho de 2011

Por enquanto...

Mudaram as estações, nada mudou
Mas eu sei que alguma coisa aconteceu
Tá tudo assim tão diferente

Se lembra quando a gente, chegou um dia a acreditar
Que tudo era pra sempre,
Sem saber, que o pra sempre, sempre acaba

Mas nada vai conseguir mudar o que ficou,
Quando penso em alguém só penso em você
E aí, então, estamos bem

Mesmo com tantos motivos
Pra deixar tudo como está
Nem desistir, nem tentar, agora tanto faz
Estamos indo de volta pra casa


*Meu pai querido partiu para ver outras paisagens na madrugada de quarta-feira(22). Por um tempo ainda vamos ter que nos acostumar com a caminhada sem aquele jeito singular de rir da vida. Mas são tantas coisas boas que guardo na memória e no coração, que vão servir de combustível para vivermos cada dia com intensidade!

Volto em breve, quando as palavras começarem a sair de novo...

3 comentários:

lugastal disse...

siamesa querida,
permita-se o tempo que for necessário! beijão!

Kika Schuch disse...

Gabi querida, tudo deve ser curtido nessa vida, até a dor, até a saudade... quando começar a amenizar, as alegrias começam a tomar conta do nosso coração de novo, quem melhor do que tu para saber desse turbilhão de sentimentos? Fica com Deus e com o amor da tua família.
Bjo, Kika

Paula Blaas disse...

Contem sempre comigo! bjos