terça-feira, 13 de julho de 2010

Frio e mega-sena

Foto: Nauro Júnior


Uma vez ouvi uma entrevista da Marília Gabriela onde ela contava que adorava o frio. Que mesmo no inverno sempre terminava o banho com uma ducha de água fria para manter o viço da pele.

Lembrei dela hoje de manhã enquanto me digladiava com alguns pingos de água morna, tentando tirar o sabão do corpo antes de morrer de hipotermia.

Inclusive pensei na hora, que se eu soubesse o celular da Marília Gabriela ligava pra ela e convidava para colocar em prática a sua técnica de longevidade. Mas tinha que ser hoje, e no meu banheiro. Ah, e ainda por cima tinha que sair com cara de “linda” do box. E pior, terminar de se secar e se vestir com um sorriso lânguido no rosto.

Ah Marília Gabriela, acho que se tu morasses aqui no sul irias rever teus conceitos estéticos.

Esse foi o pensamento mais gentil que tive nesta manhã fria. Os outros são impublicáveis aqui neste blog de gente educada. A verdade é que esse pessoal do sudeste acha que o inverno deles é frio. Adoram comprar uma manta fashion pra usar com uma camiseta de algodão. Ou então colocar um casacão por cima de um vestidinho de crepe, e juram que estão enroupados. Eles juram que inverno é sinônimo de estilo, requinte, charme.

Ora poupe-me!

E tem ainda aquele povo que acha que no inverno a gente fica mais elegante. Eu sinceramente nunca consegui. Além de sofrer com a tal da rinite, ficar com o nariz vermelho que nem palhaço, acho que aquelas olheiras na pele esbranquiçada não favorecem nem a Mortiça, da família Adams. Mas de qualquer forma, respeito a opinião alheia.

A outra desculpa boa é aquela de que no inverno os programas são mais românticos.

Aqui a minha caixinha de ideias está praticamente estagnada. Quando chegamos em casa acendemos a lareira e conseguimos resistir por uma hora, duas no máximo. Depois só o quarto com o ar condicionado nos 30 graus e muito edredon para sobreviver. Isso sem falar que com a temperatura dessa madrugada dormi com pijama e ceroula, a coisa mais “elegante” que o mundo fashion já viu. Imagina o sex appeal!

Eu posso ser uma pessoa sensata, aberta a novos argumentos, mas se tem uma coisa que ninguém no mundo vai me convencer é que inverno é bom. A tirar pelo meu mau humor nesse post já deu pra perceber né?

Mas tudo bem, enquanto o Minuano e sua fúria congelante batem na porta, eu viajo na internet pelos resorts do nordeste, imaginando que a qualquer momento eu vou ganhar na Mega-Sena e chutar o balde. Fretar um avião e levar todos os amigos queridos que amam o verão e odeiam o inverno para um daqueles paraísos. Só vamos voltar depois que a primavera der seus ares coloridos. E ainda por cima, vamos aportar com aquela pele dourada, alma lavada pela água salgada e espírito refeito pela brisa do mar.

Que delícia. Já me animei a seguir minha jornada de picolé dessa tarde de terça-feira. Enquanto o sorteio da mega-sena não acontece, vamos nos divertindo imaginando tudo de maravilhoso que o paraíso terá. Quem se habilita a entrar nessa lista de amigos?

Olha que o último sorteio saiu para um apostador sozinho. O que será que ele fez com 20 milhões hein?
Poxa vida, e esse cara não era meu amigo!!!

7 comentários:

Denise Crispim disse...

toobaceHei, me inclua nessa lista!
E saiba que se eu ganhar, você já está na minha lista também!
Sabe que até nisso somos parecidas... Só me alegra ver viagens e sonhar com resorts.
Eu tenho um plano: quando ganhar na mega-sena vou juntar meus dez melhores maigos, com família, e farei com eles (todos juntos) a viagem dos sonhos de cada um. Não vai ser demais? Qual é a sua viagem dos sonhos? Vai pensando que eu continuo jogando!
Beijos

Daiana disse...

Gabiiiiiiiii!!!!!!! Me inclui aí que te incluo aqui hahahaha
Comentário curtinha pois to congelandooooo!!!!
Bjuuuu!!!!!

kiki disse...

Ermã, já estou pronta para ir, eu estou concorrendo no Fautão, apesar de na quinta ser o ultimo 1 milhão ainda tenho esperança de ouvir meu none heheh.
Aqui em Jaguarão está um frioooo de congelar até pinguim.
Bjs

Lívia disse...

Estava conhecendo teu blog e adorei teu texto, parabéns! Não sou conhecida tua, sou capixaba e moro atualmente no estado do Rio de Janeiro, na cidade de Volta Redonda. Morro de saudade da tal brisa do mar que refaz o espírito e dos banhos nas águas salgadas que lavam a alma, vc definiu muito bem! Um abraço e se me permites, continuarei te acompanhando!Rs! Lívia.

Simone Bello disse...

Gabi,adorei esse post,sempre leio e não comento,mas esse foi demais,sou paulista e moro no Rio,costumo brincar com meu marido carioca,que ele não sabe o que é frio....adorei...me senti como vc mesma disse das pessoas do sudeste,aqui no Rio não faz frio..e eu me achando porque acho que sei o que é frio,teu relato é perfeito!!!
Conheço o frio do sul,lugar REALMENTE frio,e não dá pra ter glamour com frio não!!!!
Bjs

Anônimo disse...

Filha, que loucura este frio insuportável..não tem dúvida alguma que tens TODA RAZÃO DO MUNDO..não há ser humano que sinta-se agradável nesta época, até pq olhando os desabrigados na rua o inverno se torna mais dificil ainda. Mas....se ganhares a Mega Sena, inclui esta mãezinha que também tem Horror do Inverno. Vamos curtir o Calor, Sol etc...

Gabriela disse...

Gabii, PERFEITO! É tudo o que penso... e mais todas aquelas coisas que são impróprias de se escrever hehehhe
grande beijos e adoro ler o blog!